O princípio da probidade e a repressão à litigância de má fé